27.2.11

liberdade

.
.

foi de mala e cuia: mudou-se para o hospício de livre vontade. quis fugir dos talões e cartões. dos abraços sem calor. do crédito e do débito. das contas, hipocrisias e tantas outras correntes...


.
.

1 comentario:

Ual dijo...

quero fazer isso também... hehehe
inté, bjs