25.4.07

dúvida hiperbólica VII:

nosso amor, tão vário...
será que deu ao contrário?

No hay comentarios: