8.8.07

eu me repito:

Aviso protocolar

Convém ter cuidado, meu bem.
Eu, com esta cara de zen,
não passo de uma cigana dissimulada.
Se eu sentir frio neste inverno,
te arranco de dentro do terno
e te amo desvairada.

Depois, se eu estiver disposta,
me embaralho nas tuas costas
e te talho em espadadas.

Vou embora mês que vem.
Hoje acampo na esplanada.
Se quiser carinho, tem.

Mas muito cuidado, meu bem.
Eu, com esta cara zen,
não sou além de uma louca.
Quando vês, te arranco a roupa,
acabo com tua rotina diária.
Não refuto nem visto luto
e te jogo nu
do viaduto da rodoviária.

Mais tarde, em cerimônia solene
- insônia com cheiro de sexo -
devoro tua alma perene
atrás de qualquer anexo.

3 comentarios:

Rogério Tomaz Jr. dijo...

quanta inspiração...
quanta vida...
quanta...

Paloma dijo...

Nossaaaa...

carolina dijo...

que bacana, fernanda, adorei.