30.3.11

águas vulcânicas?


este morro verdejante de 3,7 mil metros na foto aí acima, cujo pico está coberto por um chapéu de nuvem branquinha é, na verdade, o quinto vulcão mais alto da guatemala. situado na cidade de antígua, o vulcão água está inativo desde 1541. mais especificamente desde o dia 11 de setembro deste ano, quando um forte temporal fez com que ele entrasse em colapso.

o que descia de sua imensa cratera, no entanto, não era lava de fogo. fincada aos seus pés e salvando-se como podia, a população assistia atônita à forte correnteza de água que o vulcão jorrava pelos ares e que descia ladeira abaixo. o fenômeno inundou a cidade (que na época era a capital do país), devastou a arquitetura local e sepultou parte da vizinhança.

após esse episódio, antígua nunca mais foi a mesma: o efeito devastador do vulcão permanece ativo no imaginário de seus habitantes e levou um bom tempo até que a cidade fosse reconstruída. do seu lado, tudo indica que o vulcão água deu de ombros, acomodou-se confortavelmente sob o céu eternamente primaveril da guatemala e mergulhou num novo sono profundo, sem ter hora certa para despertar.




3 comentarios:

valeria soares dijo...

Vulcão d'água! Chega a ser poético.


Boa tarde pra você.

Maíra dijo...

11 de setembro... mais um... ou foi o primeiro?

Saudades, chica!!! Quando você vem tomar uma cerveja comigo em Sampa, heim?

Silvia Pavesi dijo...

lindo texto sobre um lugar lindo. adorei. saudades de você e de Antígua.